Top

Nos primeiros cindo dias, Feira do Livro de Brasília encantou quem visitou a Cidade da Leitura

 

A 35ª Feira do Livro de Brasília chegou repaginada e com uma estrutura que enaltece a biblioteca e os livros. Muitas atrações têm passado pela Cidade da Leitura, que fica em frente à Biblioteca Nacional e está reunindo 119 estandes distribuídos por 2.400m². O evento conta com 13 espaços destinados a receber lançamento de livros, contação de histórias, shows, sessão de autógrafos e encontro de autores. A Feira vai até domingo (16) e funciona de 9h às 22h.

Nos primeiros 5 dias, a Feira do Livro recebeu diversas atrações como, Lázaro Ramos, Fagner, Antônio Nobrega, o escritor Ryan Maia de 7 anos, a escritora portuguesa Mafalda Milhões, oficina de poesia com Nicolas Behr, bate papo com Fabrício Carpinejar, Mailson Furtado e João Doederlein, roda de samba, contação de história com as escritoras Niedja Gennari e Fernanda Oliveira, além de autores independentes recitando poesias e escolas que trouxeram os alunos para passarem um dia se divertindo com a literatura.

Para a contadora, escritora e curadora infantil Fernanda Oliveira, a FeLiB de 2019 está valorizando às crianças e também o importante papel que a literatura tem na vida das pessoas. “Esse ano estamos recebendo muitas escolas, as crianças estão felizes e se divertem muito com cada atividade que chega na nossa Feira. A programação infantil está linda e contando com diversas atrações, as crianças estão adorando e vamos seguir assim até o dia 16.  Os livros têm um importante papel em nossas vidas, nos leva ao mundo da imaginação e nós não podemos deixar a literatura morrer”, declarou.

Além de ser uma Feira para enaltecer a literatura, a FeLiB deste ano está totalmente inclusiva e diversificada. Há espaço destinado exclusivamente à literatura de autoria negra e indígena. Os deficientes visuais também estão tendo a chance de mostrar a população suas obras e literatura inclusiva. Dentro do espaço Letras Sem Limites vem acontecendo diversas atrações que trabalham com inclusão de autores e artistas cegos, além de ter toda a programação impressa em braile.

De acordo com o coordenador geral Thelmo Martins, o evento ainda vai surpreender bastante quem visitar a Cidade da Leitura. “Contornamos os problemas e colocamos uma estrutura de pé, queremos que todos venham visitar e se divertir com a literatura. A nossa programação está extensa, tem para todos os públicos e gostos. O que queremos é mostrar para o DF e entorno que temos condições de valorizar o livro em nossa cidade. Não dá para deixar de visitar a FeLiB”, afirmou.

A Feira do Livro de Brasília ainda irá receber muitas atividades, entre elas teremos um show com Arnaldo Antunes, sessão de autógrafos com Fagner, lançamento de livros, contação de histórias, oficinas, palestras, apresentação de alunos de escolas públicas, cinema, entre outras.

Lembre-se, a FeLiB vai até domingo (16) e é gratuita. Para conferir a programação basta acessar a aba programação no site da Feira.